O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Concurso Câmara dos Deputados só sairá após reforma no órgão

O Concurso Câmara dos Deputados só deve sair após uma reforma administrativa no órgão. A proposta deve ser lançada em breve pelo presidente Rodrigo Maia. De acordo com servidores da casa, o déficit de funcionários é visível e sentido no cotidiano.

Qual é a situação do Concurso Câmara dos Deputados?

Atualmente, tudo depende, de fato, da reforma administrativa da Câmara. O fato é que a Lei Orçamentária Anual de 2019 prevê 70 vagas para o órgão.

Na realidade, o número na LOA é 197 vagas, porém sabe-se que 127 são/serão preenchidas via cargos comissionados, ou seja, não serão disponibilizados para concorrência pública.

Neste artigo, traremos informações importantes sobre o certame. Antes, veja um breve resumo:

  • Cargos: Técnico Legislativo e Analista Legislativo (diversas especialidades)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: nível médio e superior
  • Número de vagas: a definir
  • Situação: autorizado
  • Remuneração: iniciais de até R$ 26 mil
  • Para acessar o último edital, clique aqui
  • Edital de 2012: clique aqui
  • Edital de 2012 (2): clique aqui

Veja o que você vai encontrar aqui:

  • Cargos vagos na casa
  • Cargos com concurso autorizado na Câmara
  • Salários na Câmara dos Deputados
  • Últimos concursos da Câmara dos Deputados

Cargos vagos na Câmara dos Deputados

Como citado acima, o quadro de pessoal da Câmara dos Deputados apresenta um déficit significativo em seu quadro de pessoal.

De acordo com dados de maio de 2019, o número total de cargos vagos é de 767. Ao todo, são 497 vacâncias de Técnicos Legislativos e 270 no quadro de Analistas.

Veja o quadro completo:

Quais são os cargos autorizados no concurso da Câmara?

Desde dezembro de 2014, a Câmara dos Deputados tem alguns cargos com concurso autorizado. Veja o trecho que define a autorização:

A MESA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, no uso de suas atribuições, resolve:

Art. 1° Fica autorizada a realização de concurso público destinado ao provimento de cargos efetivos de Analista Legislativo, nas atribuições Técnico em Documentação e Informação Legislativa, código CD-AL-013, Técnico em Material e Patrimônio, código CD-AL-021, Assistente Social, código CD-NS-930, Analista de Informática Legislativa, código CD-AL-028, e de Técnico Legislativo – atribuição Assistente Administrativo, código CD-AL-026.

Na opinião de Victor Dalton, Analista da casa, o cargo de Analista Legislativo – Técnico em Material e Patrimônio é o que mais precisa de reposição, devido a grande grau de especialização e, é claro, da carência de material humano na área.

Qual é o salário na Câmara dos Deputados?

Um dos grandes atrativos do concurso da Câmara dos Deputados é o alto salário que o funcionário da casa recebe.

Assim que é empossado, o Técnico Legislativo tem ganhos que estão na casa dos R$ 17 mil. Vale lembrar que o cargo é para concurseiros de nível médio. No topo da carreira, os ganhos ultrapassam os R$ 24 mil.

O cargo de Analista exige nível superior do candidato. Com isso, o salário gira em torno dos R$ 26 mil. No fim da carreira, os vencimentos chegam a mais de R$ 31 mil. Os servidores fazem jus a um auxílio-alimentação de R$ 982.

Últimos concursos da Câmara dos Deputados

Em 2014, houve certame para 113 vagas, com avaliações apenas em Brasília. O Cespe/Cebraspe foi a empresa organizadora.

Para o cargo de Analista Legislativo, houve oportunidades para 22 áreas específicas, além de oportunidades para Consultor de Orçamento e Fiscalização Financeira. O cargo de Técnico abriu oportunidades para Agente de Polícia Legislativa.

A seleção foi feita por provas objetivas e discursivas. Ao todo, foram 210 questões, divididas entre Conhecimentos Básicos e Específicos. O conteúdo detalhado está no edital do concurso, disponibilizado acima.

A demanda por vaga foi a seguinte:

Dois anos antes, em 2012, 34 vagas para Analista Legislativo foram colocadas em disputa. Mais uma vez, a organização ficou por conta do Cespe/Cebraspe.

Todas as avaliações tiveram provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos, totalizando 180 questões. As avaliações variavam de acordo com o cargo pretendido. Os detalhes estão no edital, já disponibilizado nesta matéria.

O edital dividiu as vagas da seguinte forma:

  • Arquitetura - 5
  • Engenharia de Segurança do Trabalho - 2
  • Engenharia Civil - 6
  • Engenharia Elétrica - 4
  • Engenharia Eletrônica/Telecomunicações - 6
  • Engenharia Mecânica - 3
  • Técnico em Material e Patrimônio - 8

A demanda por vaga foi a seguinte:

O ano de 2012 ainda reservou outras oportunidades. Tratou-se de um certame para 138 vagas. Veja a distribuição:

Analista Legislativo

  • Médico (Neurologia) – 1 vaga
  • Médico (Ortopedia e Traumatologia) – 2 vagas
  • Médico (Otorrinolaringologia) – 1 vaga
  • Médico (Radiologia e Diagnóstico por Imagem) – 2 vagas
  • Museólogo – 2 vagas
  • Taquígrafo legislativo – 14 vagas
  • Técnica Legislativa – 111 vagas

Técnico Legislativo – Agente de Serviços Legislativos

  • Serviços Paramédicos (Técnico em Radiologia) – 3 vagas
  • Serviços Paramédicos (Técnico em Gesso) – 2 vagas

A demanda por vaga foi a seguinte:


Para ficar bem informado sobre concursos públicos no instagram, siga @victorconcursos e saiba tudo em primeira mão.

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.