O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Concurso autorizado para TRF 4ª região

O conselho administrativo do TRF (Tribunal Regional Federal) da 4ª região, que abrange os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, aprovou, na última semana e de forma unânime, a realização de um concurso público para servidores.  

O trâmite começou no dia 5 de abril, quando foram publicados, no Diário Oficial, os nomes que compunham a comissão organizadora, sendo eles: a diretora de recursos humanos do órgão, Jaqueline Paiva Nunes Goron (que presidiu a comissão), e mais os seguintes membros: Luiz Fernando Klein, Marceli Ludwig Boeira, Adriana Maria Ramos Tomasi Sant Anna, José Carlos Pinto de Oliveira, Ricardo Giacomelli, Cibele Vargas Machado Moro e Fabiana Zanchett.

A expectativa é de que o edital, que está sob responsabilidade da Comissão do Concurso do TRF4, seja divulgado ainda no primeiro semestre deste ano. Nele constarão todas as informações relativas ao concurso, como cargos oferecidos, datas e cronogramas, assim como valor da taxa de inscrição.

Há chances de que as vagas sejam para técnicos e analistas, tanto para nível médio quanto para nível superior.  

Os servidores dispõem de vale-alimentação no valor de R$ 910,08. Com isso, a remuneração inicial é de R$ 8.501,45 para técnico e de R$ 13.345,38 para analista.  

O próximo passo será decidir a banca organizadora do concurso.

Funcionários em falta

Atualmente, o Tribunal Regional Federal da 4ª região conta com 225 cargos vagos. Veja abaixo a relação:

Tribunal Regional Federal da 4ª Região

Técnico: 40 cargos vagos

Analista: 08 cargos vagos

Seção Judiciária do Rio Grande do Sul – RS

Técnico: 42 cargos vagos

Analista: 43 cargos vagos

Seção Judiciária de Santa Catarina – SC

Técnico: 26 cargos vagos

Analista: 11 cargos vagos

Seção Judiciária do Paraná – PR

Técnico: 26 cargos vagos

Analista: 29 cargos vagos

 

Concurso anterior

Concurso TRF – 4ª REGIÃO – 2014 – Analista e Técnico

 

O último concurso, que ocorreu em julho de 2014, teve validade expirada em 14 de novembro de 2018. Foi realizado para preenchimento de vagas de cadastro reserva, em cargos de técnico e analista judiciário.

Para as vagas de técnico judiciário, foi exigido nível médio, e a remuneração inicial foi de R$ 8.475,36. Já para as vagas de analista judiciário, a exigência era de nível superior, e a remuneração inicial foi de R$ 13.339,30.

A banca organizadora foi a Fundação Carlos Chagas. O número de candidatos inscritos, somando os três estados, foi de 78.145. Confira abaixo a lista de locais onde a prova foi aplicada:

Rio Grande do Sul: Canoas, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria, Santo Ângelo e Uruguaiana;

Santa Catarina: Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joinville e Lages;

Paraná: Cascavel, Curitiba, Guarapuava, Londrina e Umuarama.

Para todos os cargos, a prova era composta por 60 questões, sendo: 30 de conhecimentos gerais (peso um) e 30 de conhecimentos específicos (peso dois). Os candidatos precisaram também redigir uma redação. A prova teve 4 horas e 30 minutos de duração.

A taxa de inscrição foi de R$ 88,00 para o cargo de analista e R$ 78 para o cargo de técnico.

Inicie seus estudos!

Resolva mais de 2.000 questões da instituição!

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.