Aprovado em primeiro lugar

Início » Aprovados » Aprovado em primeiro lugar
By | 2017-08-31T17:28:21+00:00 05 de fevereiro de 2016|Aprovados|

Aprovado em primeiro lugarOlá, sou Paulo Cardoso, aprovado no cargo de técnico administrativo- ANVISA e vou contar como foi minha maratona de estudos.

O início

Comecei minha trajetória nos concursos públicos em meados de 2012.

De início não levava muito a sério, talvez por conta da idade, 24 anos à época, e talvez ainda por estar cursando Direito e na ocasião cursando dez disciplinas.

Eu trabalhava em um banco privado como caixa. Atendia em média 300 clientes ao dia e após essa jornada ia para a faculdade.

Como na época eu era bancário, e as condições de trabalho estavam bem ruins, resolvi parar de reclamar e estudar para concursos!

Passado um tempo, mais precisamente no início de 2013, após ser transferido de agência e assim passar a trabalhar duas vezes mais, resolvi pegar firme nos estudos.

Nesta época foi autorizado o concurso da ANVISA, com 30 vagas para técnico administrativo. Com a ajuda do amigo Fábio de Sá, que inclusive me deu a dica desta autorização, comecei minha jornada.

Como não tinha nenhuma base para concursos estava meio desanimado, mas Fábio estava lá me incentivando de longe. Resolvi então encarar o desafio.

Como não tinha base nenhuma em concursos públicos, optei por imprimir o edital, adquirir uma apostila de boa qualidade para o concurso da ANVISA e fazer muitos exercícios do QConcursos.com.

Assim, estudei por nove (09) meses, iniciando meus estudo sempre em bibliotecas, pois tinha muita dificuldade de estudar em casa pela falta de disciplina. Além disso, em bibliotecas eu via muitos concurseiros, e isso me animava!

Iniciado os estudos, eu passava todo sábado em frente à sede da ANVISA. Parava o carro e sonhava em adentrar aquelas portas para trabalhar. Isso era muito importante, pois eu estava com a mente e o coração em sintonia com meus estudos.

Rotina

Estudava cerca de duas horas por dia e, aos sábados em torno de quatro horas. Aos domingos não estudava, pois precisava descansar.

Meus estudos eram sempre feitos na biblioteca da UNB em Brasília. No início, estudava apenas com base em leitura para me habituar a estudar e tonar essa fase inicial mais light. Não fazia nenhum exercício sem saber a teoria.

Lia a Lei 8.112, por exemplo, durante seis dias corridos. Ao final, começava tudo novamente. Ao total, estudava por cerca de cinco vezes um mesmo tópico até decorá-lo. Somente depois fazia questões.

O resultado da resolução de questões

Ao término da leitura de cada tópico que durava seis dias, relia tudo novamente por cerca de duas vezes, totalizando 18 dias em um único assunto.

Somente depois, fazia 100 questões em três horas de relógio, sem intervalos e geralmente aos sábados, para que pudesse simular o cansaço de uma prova, além de me acostumar a resolver inúmeras questões.

O rendimento era excelente! Acertava de início 75% das questões e quando fazia mais uma rodada de 100 questões do mesmo tópico, dias depois, alcançava 90% de aproveitamento. Aí, me empolguei!

Corri e apliquei essa técnica em todos os tópicos do edital (cerca de 26), além de elaborar uma redação por semana que eram corrigidas por minha esposa Lorena. Era um método demorado, porém muito eficiente para mim.

Ao final eu sabia toda a teoria, já havia feito mais de 10 mil questões pelo Qconcursos.com

Dia ‘D’

No dia da prova, fiquei bem calmo e terminei a prova com 30 minutos de folga. Tinha a certeza que havia sido aprovado!

A partir daí, só me vieram alegrias. No dia posterior, foi divulgado o gabarito e a cada acerto eu vibrava e via como tinha valido a pena o sacrifício.

Aprovado em Primeiro Lugar

Fui aprovado em primeiro lugar na prova objetiva, tendo o maior número de acertos, porém em segundo lugar na classificação geral, pois acabei por perder pontos na redação.

Aprendi que a redação é muito importante e ela pode lhe prejudicar muito.

Empossado em fevereiro de 2014, estou fazendo este ano dois anos de casa.

Este ano termino minha graduação em Direito e, com certeza, 2017 será um ano com muitas horas na biblioteca novamente.

Um abraço a todos!

 

Comentários