5 estratégias para estudar a Lei 8112/90

Início » Dicas » 5 estratégias para estudar a Lei 8112/90
By | 2018-09-17T17:46:42+00:00 27 de fevereiro de 2018|Dicas|

como estudar a lei 8112

Você sabe estudar a Lei 8.112? É uma lei bem extensa e muito importante para alguns concursos, não é? E ela é a lei que dispõem sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais.

Mas, se você ainda não aprendeu como estudá-la, não precisa se preocupar. A gente vai dar uma mãozinha para você aprender a desenvolver habilidades para estudar esse assunto de forma proveitosa para o seu concurso.

Além disso, saberá como estruturá-los em seu planejamento.

Assim, você vai aprender de vez a lidar com essa lei tão importante e se dar bem nas suas provas de concursos.

Em quais concursos mais caem a  8.112/90?

Em geral, a maioria dos concursos públicos federais cobram essa lei, ainda que não sejam específicos para área jurídica.

Mais de duas mil questões de provas de concursos públicos já cobraram essa lei que organiza o Regime Jurídico do Servidores Públicos Federais.

A lei é extremamente extensa com seus 250 artigos, com muitos incisos e alíneas.

Qual a importância dessa lei na vida do servidor?

Total importância. E você percebe pela extensão do conteúdo dela.

Todo servidor deve conhecer seus direitos e deveres enquanto exercer a função pública.

Além disso, informação é tudo na vida. Com certeza conhecimento como direito a licenças, horários especiais, remoção, concessões e férias farão toda diferença ao longo da vida funcional do servidor.

Quer um outro exemplo da importância dela na sua futura vida de servidor? É muito comum um candidato realizar concursos para localidades distantes de sua cidade natal.

Sendo assim, conhecer as possibilidades de remoção de oficio e a pedido podem facilitar muito no retorno para casa.

Outro assunto de suma importância na vida do servidor é a possibilidade de horários especiais para aqueles que estudam, para os portadores de deficiência ou para os que possuam dependentes portadores de deficiência.

Estes são apenas alguns exemplos da importância da 8.112 na vida prática do servidor.

Então, vamos traçar uma estratégia de estudos sobre a lei 8.112?

Como estudar a lei 8.122?

1 – Leia a legislação seca

Essa leitura deve ser sempre no site do Planalto onde você encontra a Lei 8.112 atualizada e online.

Se você criar o hábito de verificar sempre o site do planalto nunca deixará qualquer mudança passar batido.

Cerca de 80% das questões sobre o tema ainda são cópias literais da lei.

Desse modo, o primeiro passo nesse estudo é tentar memorizar os seus artigos.

Se conseguir unir o aspecto “memorizativo” com o aspecto “compreensivo” poderá ser um incremento a mais nos seus estudos.

Então, faça você mesmo suas próprias anotações na lei.

Isso vai ajudá-lo a buscar mais conteúdo sobre determinado assunto.

2- Se ligue nas Súmulas e Jurisprudências

Sabe os 20% que sobram da cobrança da literalidade da lei? Então, eles contemplam temas que se baseiam nas Súmulas e Jurisprudência.

O tema agentes públicos em geral são corriqueiros nos Tribunais, daí a farta jurisprudência.

E não pense que o entendimento dos tribunais são cobrados apenas em concursos da área jurídica, não. Atualmente, são cobrados em todos.

Logicamente, com maior ou menor grau de profundidade.E isso, vai depender do nível do concurso e banca escolhida.

Alguns concursos de técnico judiciário que exigem apenas nível médio do candidato já estão cobrando jurisprudência.

Desse modo, se você se dedicar meia hora na semana a leitura dos informativos do STJ e STF já estará à frente dos demais.

3 – Pense como servidor público já

Procure se imaginar como servidores públicos e quais as vantagens, direitos e  deveres  poderá ter.

Se imaginar já no cargo não é apenas um exercício do pensamento positivo mas ajuda a memorização.

Por exemplo pense como você fará para pedir remoção, caso seja lotado bem distante de casa.

Ou melhor ainda, a quais licenças você terá direito. Ou então, depois de quanto tempo de serviço poderá pedir licença para tratar de interesse particular.

E assim por diante.Esse exercício ajudará e muito, pode acreditar.

4 – Treine muitas questões

Nem, é preciso dizer como é importante a prática, não é? Faça infinitas questões da banca responsável pelo concurso.

Essa é, sem sombra de dúvidas, a melhor dica.A realização de questões facilita muito a memorização.

Sem contar que quanto mais questões você faz maior a chance de cair uma idêntica na prova.

No QC você encontra milhares de questões da 8.112 e de diversas bancas e assuntos.

5 –  Resumos e técnicas mnemônicas

Fazer resumos dos prazos, esquemas e mapas mentais também facilitam muito a memorização.

Para você que gosta de anotações, crie a sua própria Lei 8112 esquematizada. Dessa forma, você estará se condicionando a buscar, por si só, o conhecimento.

Dica Bônus

E para motivar mais ainda você, a professora Thamiris Felizardo, que também já estudou para concursos e foi aprovada, deixou um recado bem importante:

“O mais importante é: estudem com prazer! Não façam com que a rotina de estudos seja um fardo.

Parece ser algo difícil, mas isso me ajudou muito durante todo o período que estudava para concursos públicos.

Toda vez que lia a 8.112/90, procurava imaginar como esse tipo de conhecimento poderia me ajudar na prática e, de fato, ajudou.

Fui servidora pública federal por quase oito anos. O conhecimento sobre essa lei ajudou não apenas na minha vida como na de muitos colegas que me pediram auxílio”.

Bem , depois dessas dicas estratégicas, nada melhor do que otimizar seus estudos e focar em cima daquilo que mais tem caído nas provas.

Veja os 10 temas mais cobrados da Lei 8.112/90 em concursos nos últimos tempos.

E não se esqueça de acessar a lei 8112 atualizada no site do Planalto.

Colaborou com nosso post a professora Thamiris Felizardo.

Comentários