10 dicas de como se dar bem no concurso

Início » Dicas » 10 dicas de como se dar bem no concurso
By | 2017-06-06T11:33:01+00:00 08 de maio de 2016|Dicas|

10-dicas-para-se-dar-bem-no-seu-concurso

Milhares de candidatos buscam por uma vaguinha ao “sol” e grande parte deles não sabe como se dar bem no concurso.

Além de muito estudo e conhecimento, existem técnicas que auxiliam na absorção do conteúdo, aumentam a auto-confiança e, consequentemente, trazem melhores resultados para quem se prepara para um concurso.

Convidamos o professor Marcello Leal, do Qconcursos.com, para dar uma mãozinha para os nossos estudantes descobrirem como se dar bem no concurso definitivamente. Acompanhe as dicas matadoras do especialista:

  1. Controle sua ansiedade

    A preparação para concursos públicos é um processo que demanda tempo e dedicação por parte do candidato. Não adianta iniciar seus estudos já pensando obter resultados em curtíssimos prazos. Entenda que uma preparação consistente e séria leva em consideração a curva de aprendizado para determinado concurso. Por sua vez, esta será delimitada pelo tempo disponível para os estudos, extensão e profundidade do edital e a base de formação prévia do candidato.

  2. Analise como você está hoje

    É muito importante fazer uma radiografia de como você está hoje para que consiga medir seu rendimento. Assim, recomenda-se que o candidato realize provas de concursos anteriores àquele que almeja prestar ou, pelo menos, provas parecidas logo no início de sua preparação. A ideia aqui é só conhecer o caminho que será trilhado, como o que fez um montanhista ao passear de helicóptero pela montanha antes de escalá-la. Caso tenha dificuldades nesse momento, é importante procurar ajuda de um especialista – o coordenador do cursinho ou um professor.

  3. Conteúdo de confiança

    Atualmente encontramos diversas formas ofertadas no mercado para o candidato se preparar para concursos, com soluções para todos os bolsos e tipos de provas. Contudo, desconfie daquela que lhe parece barata demais e evite cair na tentação de ficar somente na área do grátis. Muitos dos conteúdos disponíveis na internet grátis estão desatualizados e são de procedência duvidosa. Quem está começando agora precisa ter a segurança de que está recebendo informação de qualidade.

  4. Qual é o seu foco?

    É importante que o candidato tenha um foco em mente para guiar sua preparação. Não precisa definir um tribunal específico. Basta que ele escolha de antemão para qual tipo de concurso irá se preparar. Por exemplo, se é um concurso de nível médio ou de nível superior; depois, se é da área judiciária, policial, fiscal, jurídica, etc; e, finalmente, investigue qual banca organizadora é a responsável pela maioria dos concursos que almeja. Com isso já dá para começar a se preparar com foco bem definido!

  5. Primeiro a fundação, depois as paredes

    Não entre na ansiedade que aflige aqueles que estão iniciando seus estudos: adquirir todo e qualquer material preparatório, tais como livros apostilas, cadernos de exercícios, etc. Após ter definido o seu foco, analise quais matérias caem nos editais de sua escolha e comece a se preocupar em montar um conhecimento sólido. Nesse primeiro momento é importante prestar bastante atenção às dicas dos professores de cada matéria e conter o impulso de comprar e ler tudo que lhe é oferecido na internet.

  6. Dedicação e renúncia

    Saiba desde já que o caminho não será simples e fácil. Claro é que uma preparação adequada encurta esse trajeto, mas ainda assim não é garantia de sucesso rápido. Então, é melhor se preparar emocionalmente para uns bons meses de muitas horas de estudo e menos horas de lazer. Não precisa contudo se desesperar e abdicar de toda vida social. Esse é um erro grave, pois seu cérebro precisa repousar também. Claro que as horas de estudo ocuparão boa parte da sua agenda.

  7. Não há atalhos

    Aprovação em concurso púbico requer dedicação mais método eficaz mais conteúdo de qualidade. O candidato que conseguir reunir esses três requisitos conseguirá uma aprovação mais cedo ou mais tarde. Ele só não será aprovado se desistir no meio do caminho. Renuncie então a qualquer outro caminho mais curto, por mais atraente que ele pareça no primeiro momento, tais como remédios para aumentar artificialmente a concentração e métodos mnemônicos milagrosos.

  8. Não saia já se inscrevendo

    Provavelmente o candidato que se inscrever para aqueles editais que estão sendo publicados logo no início de sua preparação, justamente por ainda não ter tido tempo de estudar o conteúdo cobrado, terá um rendimento pífio. Por mais que você diga em voz alta que está fazendo aquela prova só de teste, um resultado ruim impactará negativamente no seu emocional. Assim, se ainda está construindo a fundação dos seus estudos, contenha essa vontade de já sair fazendo provas.

  9. Estude antes do edital

    É muito difícil hoje em dia conseguir aprovação tendo estudado somente após a publicação do edital. Por isso que é importante já definir um foco para antecipar sua preparação.

  10. Confie no seu potencial

    Evite ficar fazendo comparações e criando expectativas demais. Ótimo para aquele primo que passou na prova só com dois meses. Se você conseguir repetir a proeza, parabéns. Agora, saiba que esses casos são exceções e não a regra. Então, não fica se comparando com amigos e parentes, pois cada um possui um história e desafios próprios a vencer. E caso alguém próximo fique fazendo essas comparações contigo, não se afete. Ao invés, confie no seu potencial e na sua preparação.

Quer mais dicas de como se dar bem no concurso? clique aqui

 

 

Comentários