O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Faltam 4 dias

⚠️ Atenção: Reserve sua vaga na Black November e não perca o maior desconto!

GARANTIR DESCONTO

A importância de fazer simulados na rotina de estudos

A rotina de usar simulados para estudar é muito importante por diversos motivos que explicarei neste artigo.

O que é um simulado?

De um modo geral, o simulado é um instrumento de estudo prático, realizado em um pacote fechado de questões e num tempo determinado.

Qual a diferença de um simulado para o treino por questões?

Quando um aluno entra no Qconcursos.com e faz uma bateria de questões, seus estudos são direcionados, mas não são concentrados no tempo como se simulasse uma situação real de prova. É um treinamento mais livre, que muitas vezes mistura vários meios de estudo.

O aluno interrompe a resolução de questões para assistir às videoaulas de nossos professores; se fica em dúvida numa resposta, lê o comentário de nossos professores nas questões; pega um livro ou uma apostila para ler; liga para seu colega de estudos para tirar uma dúvida; acessa um site para consultar lei ou jurisprudência na internet... Enfim, seu estudo é mais fluído, menos ritmado e disciplinado. E isso faz parte do processo de aprendizagem mesmo. Nem sempre o conhecimento se fixa de maneira linear. Muitas vezes é necessário parar, consultar ouras fonte de estudo, ter um tempo para refletir e pensar sobre o que estudou.

O que o simulado precisa ter para se diferenciar do treino por questões?

Como o próprio nome diz, simulado é um estudo fictício, que cria uma espécie de situação de prova que o candidato irá enfrentar na hora H. Para cumprir seu objetivo pedagógico, o simulado deve criar toda a atmosfera concreta de resolução de questões.

Por isso, o simulado necessariamente precisa ter um componente essencial: o tempo. Em regra, uma prova com múltipla escolha estipula 3 minutos para se resolver cada questão. Se for um exame no modelo da banca CESPE/CEBRASPE, de tipo Certo e Errado, são apenas 1 minuto e 30 segundos para cada questão.

Esta medição é importante para o candidato se acostumar a não desperdiçar tempo e resolver as questões no prazo estipulado para seu concurso. Como ele pode medir isso? É simples, basta pegar o tempo de prova e dividir pelo número de questões totais que irá resolver – tudo isto é previsto no edital. Com este condicionamento, não haverá surpresas na hora da prova, o candidato saberá dosar bem o tempo de resolver questões ao longo das 4 ou 5 horas de exame.

Além do tempo, o que preciso para montar um simulado?

É possível montar um simulado menor, de 2h, para treinar somente uma disciplina ou montar um simulado mais extenso mesmo, de 4 ou 5h, que vai criar exatamente a situação de prova que o candidato irá enfrentar.

Geralmente, indico que o simulado por disciplina tenha o objetivo de testar o aluno em uma matéria, saber se ele aprendeu mesmo e se o índice de acertos está bom. Já um simulado mais extenso, misturando todas as matérias cobradas em edital, serve diretamente para saber se o candidato sabe fazer a prova no tempo estipulado e se ele está bem em todas as matérias. Isso é importante, porque se ele continuar errando demais uma disciplina específica... será a hora de estuda-las com mais afinco.

Se explorado de maneira certa, o simulado é um grande meio de estudo para ser aprovado em concursos públicos. Por isso, não perca tempo e comece agora mesmo a montar seus simulados no Qconcursos.com!

Assinatura Ilimitada Estude a teoria completa e resolva questões em um único lugar

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.