O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

A gente tem tudo o que você precisa. Planos a partir de R$22/mês. Aproveite! 🚀

Como é a prova de redação dos concursos do Exército?

Periodicamente, o Exército Brasileiro abre concursos para diversos cargos e diversas áreas. Uma das etapas essenciais no exame de seleção é a prova discursiva. Neste artigo você encontrará as principais informações sobre a redação desses concursos e também dicas de como se preparar para essa etapa.

ESA

A prova discursiva da Escola de Sargento das Armas (ESA) é constituída por uma redação com mínimo de 20 e máximo de 30 linhas. A tipologia textual é a dissertação e o candidato deve defender um posicionamento por meio de ideias e argumentos respaldados. O título é obrigatório. A nota máxima é 10,0 pontos e, para ser aprovado nessa fase, o candidato deve alcançar nota igual ou superior a 5,0 pontos. Temas como hábitos saudáveis, maioridade penal e a prática da empatia já foram trabalhados nas provas anteriores.

EsPCEx

A Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) pede a escrita de uma redação no modelo dissertativo-argumentativo. O título também é obrigatório. O texto deve ter um mínimo de 20 e máximo de 30 linhas. Será aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 5,0 pontos. Temas como o uso da ciência pela sociedade, a sustentabilidade no meio corporativo e o saneamento básico como direito fundamental foram alguns assuntos já abordados pela instituição.

IME

O Instituto Militar de Engenharia (IME) abre seleção para o Curso de Formação e Graduação (CFG). Esse exame também pede a produção de uma redação, com mínimo de 25 e máximo de 30 linhas. A nota máxima é 10,0 pontos, mas para ser aprovado basta que o candidato consiga nota igual ou superior a 5,0 pontos. Temas como a relação entre informação e liberdade de escolha, as contribuições da arte e a insatisfação na história da humanidade foram assuntos abordados nas provas anteriores.

Como estudar?

O preparo para a prova de redação necessita de duas partes fundamentais no cronograma de estudos: a leitura e a prática da escrita. Os concursos do Exército trabalham com temas do assunto de Atualidades. Portanto, é muito importante entender o que está acontecendo no país e também no mundo. Além disso, é importante também praticar com a escrita de, no mínimo, uma redação por semana. Estude com os temas anteriores do seu exame e também tente escrever com temas inéditos.

Para os candidatos do IME é muito importante também treinar a interpretação de texto, pois as propostas temáticas desse exame trabalham com temas subjetivos e baseados em textos literários. Dessa forma, estude com os temas anteriores e compare seus argumentos com o padrão de resposta.

Bons estudos e até a próxima!


Quer ficar por dentro das principais notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.